Viu Jesus mesmo?
9 de abril
Depois disto, manifestou-se em outra forma a dois deles.
Marcos 16:12
9 de abril

Sermos salvos e ver Jesus não são a mesma coisa. Há muitos que são participantes da graça de Deus e nunca viram Jesus. Mas, vendo a Jesus, nunca mais será o mesmo; as outras coisas nunca mais o atrairão como antes depois de vê-lo, exercendo seu poder sobre si.

Procure sempre fazer distinção entre o que você sabe que Jesus é e o que ele só fez por si. Se seu conhecimento se limita apenas ao que ele fez por nós, você não tem um Deus suficientemente majestoso; mas, se tiver tido uma visão de Jesus como ele é, as experiências podem ir e vir, você permanecerá firme “como quem vê aquele que é invisível”. O cego de nascença não sabia quem Jesus era até que o Senhor lhe apareceu e se revelou a ele. Jesus aparece àqueles por quem fez alguma coisa; mas não podemos nós mesmos determinar o momento de sua vinda. De repente, a qualquer momento, ele pode vir. “Agora eu o vejo!” João 9:25.

Jesus tem que aparecer a um amigo seu pessoalmente, como já apareceu a si também; ninguém pode ver Jesus através de olhos alheios. Quando um vê a Jesus e o outro não, ocorre uma separação entre essas duas pessoas. Você não pode trazer o seu amigo a Jesus, a menos que Deus o traga. Você já viu a Jesus? Então desejará que outros o vejam também. “E, indo eles o anunciaram aos demais, mas também estes dois não deram crédi­to”, Marc.16:13. Mas precisa contar-lhes, ainda que não acreditem.

“Oh, pudesse eu contar-vos, por certo creriam em mim!

Pudesse eu apenas dizer-vos o que presenciei!

Como contar ou como fazer-vos receber e entender,

Como, a não ser que Ele vos traga para onde me trouxe também?”

Bíblia em um ano: 1 Samuel 13-14; Lucas 10:1-24

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Quando começamos e estando nós ainda formando hábitos, temos consciência do que estamos fazendo. Há ocasiões em que tomamos consciência de que estamos sendo tornados virtuosos e pacientes espiritualmente, mas isso é apenas uma etapa de nossa vida; se pararmos por ali,...

Amemo-nos uns Aos Outros

Amemo-nos uns Aos Outros

O amor é pouco definido para a maioria dos crentes; não sabemos o que queremos dizer quando falamos sobre o amor. O amor é uma preferência exclusiva por determinada pessoa e, no campo espiri­tual, Jesus exige que essa preferência seja exclusivamente dele e como a...

Tome a Iniciativa

Tome a Iniciativa

"Associai": como se trata de uma ordem, conclui-se por aqui que há alguma coisa que nós temos de fazer. Corremos o risco de esquecer que não podemos fazer o que é Deus quem tem de fazer e que Deus não faz aquilo que temos de ser nós a fazer. Não podemos salvar-nos nem...

Share This