Prontidão
18 de abril
Deus... o chamou... Ele respondeu: Eis-me aqui.
Êxodo 3:4
18 de abril

Quando Deus nos chama, muitos de nós nos confundimos com isso, como que perdidos num nevoeiro e nem respondemos sequer. Esta resposta de Moisés demonstrou que ele sabia onde estava e como estava. Disponibilidade significa um relacionamento integral com o Deus vivo e conhecimento de onde estamos nesse dado momento. Ficamos tão preocupados em explicar a Deus onde gostaríamos de ir! A pessoa que está pronta para Deus e para o seu trabalho é aquela que leva o prémio quando chega a sua hora na convocação. Ficamos aguardando uma grande oportunidade, algo sensacional, mas só quando ela vem apressamo-nos em exclamar: “Eis-me aqui” Sempre que Jesus Cristo alcança notoriedade, estamos presentes, mas não estamos prontos para as tarefas mais obscuras.

Disponibilidade significa estarmos totalmente prontificados para fazer tanto as coisas mais insignificantes quanto as grandiosas. Não existe nenhuma diferença entre as mesmas. Não temos nenhuma preferência quanto ao que faremos; seja qual for o programa que Deus administra para nós, estamos ali logo prontos. Quando surge alguma tarefa, ouvimos a voz de Deus, como o Senhor ouviu a voz de seu Pai e estamos preparados para realizá-la logo através daquela prontidão de nosso amor por ele. Jesus Cristo deseja lidar conosco como o seu Pai lidou com ele. Ele pode-nos colocar onde quiser, sob tarefas agradáveis ou servis, porque a união em nós é a mesma do Pai com ele. “Para que sejam um, como nós o somos”.

Esteja pronto para as visitas relâmpago de Deus, aquelas que nos possam surpreender ainda. Uma pessoa que está sempre pronta nunca necessita preparar-se. Pense no tempo que perdemos tentando uma preparação exclusiva após o chamar de Deus! Aquela sarça-ardente é um símbolo da alma disponível e de tudo o que a possa cercar; ela está inflamada através da presença de Deus.

Bíblia em um ano: 2 Samuel 3-5; Lucas 14:25-35

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Quando começamos e estando nós ainda formando hábitos, temos consciência do que estamos fazendo. Há ocasiões em que tomamos consciência de que estamos sendo tornados virtuosos e pacientes espiritualmente, mas isso é apenas uma etapa de nossa vida; se pararmos por ali,...

Amemo-nos uns Aos Outros

Amemo-nos uns Aos Outros

O amor é pouco definido para a maioria dos crentes; não sabemos o que queremos dizer quando falamos sobre o amor. O amor é uma preferência exclusiva por determinada pessoa e, no campo espiri­tual, Jesus exige que essa preferência seja exclusivamente dele e como a...

Tome a Iniciativa

Tome a Iniciativa

"Associai": como se trata de uma ordem, conclui-se por aqui que há alguma coisa que nós temos de fazer. Corremos o risco de esquecer que não podemos fazer o que é Deus quem tem de fazer e que Deus não faz aquilo que temos de ser nós a fazer. Não podemos salvar-nos nem...

Share This