A Luz que Nunca Falha
22 de abril
E todos nós com o rosto desvendado, contemplando... a glória do Senhor.
2 Coríntios 3:18
22 de abril

O servo de Deus deve viver tão bem sem a assistência de outros que nunca perceba que está só. Nas primeiras fases da vida cristã as tristezas nos sobrevêm; pessoas que costumavam ser luzes se apagam e as que costumavam ficar ao nosso lado se vão. Temos que nos habituar tanto a isso que nunca saibamos que estamos sós. “Todos me abandonaram… Mas o Senhor me assistiu”, 2Tim.4.16,17. Temos que construir nossa fé, não sobre luzes mortiças, mas sobre a luz que nunca se apaga. Quando os “grandes” homens se vão, entristecemo-nos, mas depois compreendemos que eles estavam destinados a partir, que a única coisa que permanece é contemplarmos por nós mesmos a face de Deus.

Não permita que algo o impeça de olhar fixamente a face de Deus com relação a si e as suas convicções; e todas as vezes que você for pregar, busque primeiro a face de Deus a respeito dessas mesmas coisas e então a glória tudo permeará. Obreiro cristão é aquele que sempre busca a face de Deus antes de falar às pessoas. A característica do ministério de Cristo é a da glória inconsciente que o permeia. “Não sabia Moisés que seu rosto resplandecia, depois de haver Deus falado com ele”.

Não fomos chamados para exibir nossas dúvidas ou para revelar os êxtases de nossa vida com Deus. O segredo da vida do obreiro é manter-se o tempo todo sintonizado com Deus.

Bíblia em um ano: 2 Samuel 14-15; Lucas 17:1-19

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Quando começamos e estando nós ainda formando hábitos, temos consciência do que estamos fazendo. Há ocasiões em que tomamos consciência de que estamos sendo tornados virtuosos e pacientes espiritualmente, mas isso é apenas uma etapa de nossa vida; se pararmos por ali,...

Amemo-nos uns Aos Outros

Amemo-nos uns Aos Outros

O amor é pouco definido para a maioria dos crentes; não sabemos o que queremos dizer quando falamos sobre o amor. O amor é uma preferência exclusiva por determinada pessoa e, no campo espiri­tual, Jesus exige que essa preferência seja exclusivamente dele e como a...

Tome a Iniciativa

Tome a Iniciativa

"Associai": como se trata de uma ordem, conclui-se por aqui que há alguma coisa que nós temos de fazer. Corremos o risco de esquecer que não podemos fazer o que é Deus quem tem de fazer e que Deus não faz aquilo que temos de ser nós a fazer. Não podemos salvar-nos nem...

Share This