A Paciência que espera pela concretização da Visão
2 de maio
Se tardar, espera-o.
Habacuque 2:3
2 de maio

A paciência não tem nada a ver com indiferença; a paciência nos dá a ideia de alguém muito forte e seguro que resiste a todos os embates e atentados interiores. A fonte que alimenta essa paciência é a visão de Deus, porque transmite inspiração interior. Moisés resistiu não porque tivesse um ideal de justiça e de dever para cumprir, mas porque obtivera uma visão de Deus. Ele “permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível”, Heb.11.27. O homem que obtém uma visão de Deus não se dedica a uma causa ou a outra questão qualquer; dedica-se ao próprio Deus. É sempre possível saber quando a visão é de Deus por causa da inspiração que a acompanha; as experiências da vida passam a ter grandeza e importância, porque tudo é vivificado em Deus. Se Deus o submeter a um período de tentação e provação no deserto — como fez com Seu próprio Filho, que esteve num deserto real — durante o qual não lhe falar uma palavra sequer, resista; e a força para resistir está ali porque você tem uma visão de Deus vivendo dentro de si.

“Se tardar, espera-o”. A prova de que temos uma visão é que estamos buscando algo muito para além do que já alcançamos. Não é bom sentirmo-nos satisfeitos e completos espiritualmente. “Que darei ao Senhor?” diz o salmista. “Tomarei ainda o cálice da salvação”, Sal.116:12,13. Nossa tendência é buscar a satisfação em nós mesmos: “Agora consegui; agora estou totalmente santificado; agora posso resistir”. Será assim que enveredamos pelo caminho da queda. Devemos estar bus­cando continuadamente mais do que tudo quanto alcançamos já. “Não que eu o tenha já recebido, ou tenha já obtido a perfeição”, Fil.3:12. Se o que temos é o que experimentamos apenas, nada temos na verdade; mas se o que temos é a inspiração daquela visão de Deus, já temos mais do que podemos experimentar. Tenha­mos cuidado com o grande perigo do relaxamento espiritual então.

Bíblia em um ano: 1 Reis 12-13; Lucas 22:1-20

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Quando começamos e estando nós ainda formando hábitos, temos consciência do que estamos fazendo. Há ocasiões em que tomamos consciência de que estamos sendo tornados virtuosos e pacientes espiritualmente, mas isso é apenas uma etapa de nossa vida; se pararmos por ali,...

Amemo-nos uns Aos Outros

Amemo-nos uns Aos Outros

O amor é pouco definido para a maioria dos crentes; não sabemos o que queremos dizer quando falamos sobre o amor. O amor é uma preferência exclusiva por determinada pessoa e, no campo espiri­tual, Jesus exige que essa preferência seja exclusivamente dele e como a...

Tome a Iniciativa

Tome a Iniciativa

"Associai": como se trata de uma ordem, conclui-se por aqui que há alguma coisa que nós temos de fazer. Corremos o risco de esquecer que não podemos fazer o que é Deus quem tem de fazer e que Deus não faz aquilo que temos de ser nós a fazer. Não podemos salvar-nos nem...

Share This