Idolatrando o Trabalho
23 de abril
Porque de Deus somos cooperadores.
1 Coríntios 3:9
23 de abril

Tenhamos o cuidado de que nenhum trabalho para Deus nos leve a desviar dele os nossos olhos. Grande número de obreiros cristãos se torna idolatra do trabalho. A única preocupação do obreiro deveria ser manter-se concentrado em Deus; isso significaria que em todas as outras áreas da vida — mentalmente, moralmente e espiritualmente — iria desfrutar da liberdade que um filho tem, um filho que adora, não um filho desmembrado. O obreiro cuja característica predominante não é essa afiliação com Deus expõe-se ao sufoco do trabalho; consequentemente torna-se desgastado e abatido. Acaba-se a sua liberdade e o prazer na vida em Deus; nervos, mente e coração se tornam caprichosos e a tal ponto sobrecarregados que a bênção de Deus não pode permanecer mais por ali. Mas o contrário disso é igualmente verdade — havendo concentração em Deus, todas as áreas da vida permanecem livres e sob o exclusivo domínio de Deus. Ficamos isentos da responsabilidade do trabalho, trabalhando; a única respon­sabilidade que temos é mantermo-nos em constante contato com Deus sem nunca permitir que coisa alguma impeça a nossa cooperação com ele. A liberdade que temos após a santificação é a liberdade típica de uma criança; as coisas que costumavam embaraçar-nos a vida desvanecem. Mas tenhamos o cuidado de lembrar que fomos libertos somente com uma finalidade — permanecer inteiramente dedica­dos àquele de quem nos podemos tornar cooperadores.

Não temos o direito de determinar o lugar onde devemos ser colocados, nem de termos ideias preconcebidas quanto à obra para a qual Deus nos possa estar a preparar. Deus planeia tudo; onde quer que ele nos coloque, nossa única meta deve ser dedicarmo-nos através duma sincera devoção a ele exclusivamente e na execução dessa mesma obra. Depois, “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-lo conforme as tuas forças”, Ecl.9:10.

Bíblia em um ano: 2 Samuel 16-18; Lucas 17:20-37

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Quando começamos e estando nós ainda formando hábitos, temos consciência do que estamos fazendo. Há ocasiões em que tomamos consciência de que estamos sendo tornados virtuosos e pacientes espiritualmente, mas isso é apenas uma etapa de nossa vida; se pararmos por ali,...

Amemo-nos uns Aos Outros

Amemo-nos uns Aos Outros

O amor é pouco definido para a maioria dos crentes; não sabemos o que queremos dizer quando falamos sobre o amor. O amor é uma preferência exclusiva por determinada pessoa e, no campo espiri­tual, Jesus exige que essa preferência seja exclusivamente dele e como a...

Tome a Iniciativa

Tome a Iniciativa

"Associai": como se trata de uma ordem, conclui-se por aqui que há alguma coisa que nós temos de fazer. Corremos o risco de esquecer que não podemos fazer o que é Deus quem tem de fazer e que Deus não faz aquilo que temos de ser nós a fazer. Não podemos salvar-nos nem...

Share This