Intercessão Fundamental
3 de maio
Com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito.
Efésios 6:18
3 de maio

À medida que nos envolvemos mais com a intercessão, será provável que nossa obediência a Deus custe a outras pessoas mais do que pensamos. O perigo, então, é passarmos a interceder movidos por compaixão para com aqueles a quem Deus estava aos poucos levando a um nível espiritual totalmente diferente, em resposta às nossas orações. Sempre que deixamos de nos identificar com o propósito de Deus para os outros e passamos a ter pena deles, o vínculo vital com Deus se desfaz; impedimos o plano de Deus com nossa compaixão e nosso cuidado por eles e isso é uma afronta directamente contra Deus.

É impossível interceder de forma eficaz, sem estarmos perfeitamente seguros em Deus e o que mais provoca a desinte­gração do nosso relacionamento com ele é a compaixão do pre­conceito humano. A identificação é a chave da intercessão e sempre que deixamos de nos identificar com Deus, fazemo-lo pela compaixão, não pelo pecado. É pouco provável que seja o pecado que interfira em nosso relacionamento com Deus; o que mais interfere é a compaixão, por nós mesmos ou pêlos outros; é a compaixão que nos leva a dizer: “Não permitirei que tal coisa aconteça”. Imediatamente perdemos esse vínculo vital com Deus.

A intercessão não nos deixa nem tempo nem inclinação para orar pelo “pobrezinho de mim”. Não que a intercessão afaste a preocu­pação sobre mim mesmo; a verdade é que ela nem está presente para ser afastada, pois estou totalmente identificado com os interesses de Deus pêlos outros.

O discernimento é o chamado de Deus para a intercessão, nunca para a condenação de outros.

Bíblia em um ano: 1 Reis 14-15; Lucas 22:21-46

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Adquira o Hábito de Não Ter Hábitos

Quando começamos e estando nós ainda formando hábitos, temos consciência do que estamos fazendo. Há ocasiões em que tomamos consciência de que estamos sendo tornados virtuosos e pacientes espiritualmente, mas isso é apenas uma etapa de nossa vida; se pararmos por ali,...

Amemo-nos uns Aos Outros

Amemo-nos uns Aos Outros

O amor é pouco definido para a maioria dos crentes; não sabemos o que queremos dizer quando falamos sobre o amor. O amor é uma preferência exclusiva por determinada pessoa e, no campo espiri­tual, Jesus exige que essa preferência seja exclusivamente dele e como a...

Tome a Iniciativa

Tome a Iniciativa

"Associai": como se trata de uma ordem, conclui-se por aqui que há alguma coisa que nós temos de fazer. Corremos o risco de esquecer que não podemos fazer o que é Deus quem tem de fazer e que Deus não faz aquilo que temos de ser nós a fazer. Não podemos salvar-nos nem...

Share This