“Que te Importa?”
15 de novembro
Senhor…E quanto a este?... Que te importa? Quanto a ti, segue-me.
João 21:21,22
15 de novembro

Uma de nossas experiências mais difíceis é a que passamos quando não queremos entender e aceitar porque não devemos interferir na vida de outras pessoas. Demoramos muito a reconhecer o perigo de sermos “deuses” em amadurecimento, ou seja, de interferirmos na ordem de Deus para com os outros ao nosso redor. Vemos certa pessoa sofrendo e logo tratamos de afirmar: “Ela não sofrerá mais; vou providenciar para que não sofra mais por isso”. Então tentamos impedir o sofrimento que Deus permitiu para poder salvar; todavia Deus diz: “Que te importa a ti?” Caso esteja ainda nessa estagnação espiritual não se permita a veleidade de continuar nela nem por mais um momento; busque a Deus para saber a razão de se achar nela ainda assim, depois de conhecê-lo. Descobrirá, possivel­mente, que ela chega a si devido à sua interferência na vida de alguém em quem Deus está a intervir, dando sugestões que não tinha o direito de dar em momentos cruciais, aconse­lhando quando não tinha o direito de aconselhar de sua autoria. Quando você tiver que aconselhar alguém, Deus dará o conselho através de si, provendo-o de uma revelação do Espírito; a sua responsabilidade será apenas de manutenção desse relacionamento com o qual a pessoa se pode manter íntegro para com Deus, de tal modo que o discernimento flua constantemente vindo d’Ele até nós, para que, por intermédio de si, Ele tenha porque abençoar outros.

A maioria de nós faz por viver no limiar do nosso consciente — servindo e dedicando-se a Deus conscientemente apenas. Isso é uma imaturidade crucial; não pode ser tida como vida real ainda. O estado de maturidade é como a vida de criança — nunca é consciente, mas vivente. Quando atingimos essa fase, entregamo-nos a Deus de tal forma que não temos consciência de estarmos a ser usados por ele. Se estivermos conscientes de que somos “pão para distribuir” e “vinho para oferecer”, restará ainda um outro estágio a ser alcançado em nós, pelo qual não teremos consciência de nós mesmos, nem daquilo que Deus está fazendo através de nós. Um servo não tem consciência de que é servo; ele só tem consciência de que depende sempre de Deus.

Bíblia em um ano: Ezequiel 1-2; Hebreus 11:1-19

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Ontem

Ontem

Seguros contra nosso passado. "Deus pede as contas de tudo quanto passou…”, Ecl.3:15. No fim do ano, olhamos com grande expectativa tudo quanto Deus tem para o nosso futuro, mas mesmo assim podemos ficar aprisionados nos dias de ontem. O presente gozo da graça de Deus...

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

O Senhor nunca remenda nossas virtudes naturais, isto é, as nossas características naturais, anseios ou mesmo qualidades. Ele refaz todo o homem por dentro completamente. "Vos revistais de novo homem", Ef.4:24; ou seja, faça com que sua vida natural se revista com...

Desertor ou Discípulo?

Desertor ou Discípulo?

Quando Deus, através do seu Espírito, aplicando a Palavra, nos dá e fornece uma certa re­velação ou manifestação do que ele quer, temos de poder andar à luz dessa visão ainda, 1João1:7; nossa mente e alma vibrarão em excesso com isso; mas, se não obedecermos a essa...

Share This

Notice: fwrite(): Write of 94 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76

Notice: fwrite(): Write of 117 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76