Os Sacrifícios da Amizade
25 de agosto
Tenho-vos chamado amigos.
João 15:15
25 de agosto

Nunca conheceremos a alegria da abnegação enquanto não nos entregarmos em cada particularidade de toda a nossa vida. A entrega pessoal é a coisa mais difícil: “Eu farei se…!” “Bem me parece que vou ter que dedicar minha vida a Deus”. Não há nisso nada da alegria da abnegação.

Assim que nos entregamos de vez, o Espírito Santo nos faz sentir um pouco da alegria que Jesus experimenta. A meta final da abnegação é dar essa vida pelo nosso Amigo a partir de então. Quando o Espírito Santo entra em nossa vida, nosso maior desejo é dar a vida por Jesus e nunca encaramos es­se fato como um sacrifício, porque o amor do Espírito derramado em nosso coração é pleno de prontidão.

O Senhor é o nosso exemplo na vida de abnegação: “Agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus”. Ele vivia sendo um sacrifício vivo, possuindo uma exuberante alegria nele. Será que já me rendi a Jesus Cristo com essa submissão absoluta? Se ele não for a razão de tudo para nós, não há vantagem alguma no sacrifício que fazemos; mas, quando o sacrifício é feito visando apenas a Jesus, devagar, mas seguramente, essa influência modeladora começa a aparecer.

Tenha cuidado para que preferências naturais não o impeçam de caminhar em amor. Um dos modos mais cruéis de se matar o amor é pelo desleixe que procede das preferências naturais de cada homem. A preferência do cristão é pelo Senhor Jesus. Para Deus, o amor não é sentimental; para o filho de Deus, amar como ele ama é o que de mais prático existe nesta terra. “Tenho-vos chamado amigos”. É uma amizade baseada na nova vida recriada em nós, que não tem nenhuma afinidade com a vida antiga, mas somente com a vida proveniente de Deus. É indescritivelmente humilde, imaculadamente pura e totalmente consagrada a Deus – exclusivamente.

Bíblia em um ano: Salmos 119:1-88; 1 Coríntios 7:20-40

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Ontem

Ontem

Seguros contra nosso passado. "Deus pede as contas de tudo quanto passou…”, Ecl.3:15. No fim do ano, olhamos com grande expectativa tudo quanto Deus tem para o nosso futuro, mas mesmo assim podemos ficar aprisionados nos dias de ontem. O presente gozo da graça de Deus...

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

O Senhor nunca remenda nossas virtudes naturais, isto é, as nossas características naturais, anseios ou mesmo qualidades. Ele refaz todo o homem por dentro completamente. "Vos revistais de novo homem", Ef.4:24; ou seja, faça com que sua vida natural se revista com...

Desertor ou Discípulo?

Desertor ou Discípulo?

Quando Deus, através do seu Espírito, aplicando a Palavra, nos dá e fornece uma certa re­velação ou manifestação do que ele quer, temos de poder andar à luz dessa visão ainda, 1João1:7; nossa mente e alma vibrarão em excesso com isso; mas, se não obedecermos a essa...

Share This

Notice: fwrite(): Write of 661 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 42

Fatal error: Uncaught wfWAFStorageFileException: Unable to verify temporary file contents for atomic writing. in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php:51 Stack trace: #0 /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php(658): wfWAFStorageFile::atomicFilePutContents('/home/dh_radioc...', '<?php exit('Acc...') #1 [internal function]: wfWAFStorageFile->saveConfig('livewaf') #2 {main} thrown in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 51