Plano de Leitura Cronológico

novembro

20

sábado
Atos – Parte 8
Atos 18-20
323 de 365 dias
20 de novembro

Sumário:
Paulo em Corinto; Paulo anuncia a Jesus; Paulo perante Gálio; O final da segunda viagem missionária de Paulo; A terceira viagem missionária de Paulo. Apolo em Éfeso; Paulo em Éfeso; Paulo na escola de Tirano; Paulo envia à Macedônia Timóteo e Erasto; Demétrio excita grande tumulto; De novo, Paulo visita a Macedônia e a Grécia; Paulo em Trôade; Paulo embarca em Assôs. Chega a Mileto; Em Mileto, fala aos presbíteros da igreja de Éfeso; Paulo ora com eles

 

Atos dos Apóstolos

CAPÍTULO 18

1 E depois disto ele partiu de Atenas, e veio a Corinto.
2 E achando a um certo judeu, de nome Áquila, natural de Ponto, que recentemente tinha vindo da Itália, e Priscila, sua mulher (porque Cláudio tinha mandado que todos os judeus saíssem de Roma), veio até eles.
3 E porque era do mesmo ofício, ficou com eles, e trabalhava; porque tinham o ofício de fazerem tendas.
4 E ele disputava na sinagoga a cada sábado; e persuadia a judeus e a gregos.
5 E quando Silas e Timóteo desceram da Macedônia, Paulo foi pressionado pelo Espírito, dando testemunho aos judeus [de que] o Cristo [era] Jesus.
6 Mas tendo eles resistido e blasfemado, ele sacudiu as roupas, e lhes disse: Vosso sangue [seja] sobre vossa cabeça; eu estou limpo; e a partir de agora irei aos gentios.
7 E tendo saído dali, entrou na cada de um, de nome Justo, que servia a Deus, cuja casa era vizinha à sinagoga.
8 E Crispo, o chefe da sinagoga, creu no Senhor com toda a sua casa; e muitos dos coríntios, tendo ouvido, creram e foram batizados.
9 E o Senhor disse em visão de noite a Paulo: Não temas, mas fala, e não te cales.
10 Porque eu estou contigo, e ninguém porá [mão] em ti para te fazer mal, porque eu tenho muito povo nesta cidade.
11 E ele ficou [ali por] um ano e seis meses, ensinando entre eles a palavra de Deus.
12 Mas sendo Gálio o procônsul da Acaia, os judeus se levantaram em concordância contra Paulo, e o trouxeram ao tribunal,
13 Dizendo: Este persuade as pessoas a servirem a Deus contra a Lei.
14 E Paulo, querendo abrir a boca, Gálio disse aos judeus: Se houvesse algum mau ato ou crime grande, ó judeus, com razão eu vos suportaria;
15 Mas se a questão é de palavra [s] , e de nomes, e da Lei que há entre vós, vede [-o] vós mesmos; porque destas coisas eu não quero ser juiz.
16 E ele os tirou do tribunal.
17 Mas todos os gregos, tomando a Sóstenes, o chefe da sinagoga, feriram [-no] diante do tribunal; e a nada destas coisas Gálio dava importância.
18 E Paulo, ficando ali ainda muitos dias, ele se despediu dos irmãos, e dali navegou para a Síria, e juntos com ele [estavam] Priscila e Áquila; tendo rapado a cabeça em Cencreia, porque ele tinha [feito] voto.
19 E chegou a Éfeso, e os deixou ali; mas ele, entrando na sinagoga, disputava com os judeus.
20 E eles, pedindo [-lhe] que continuasse com eles por mais [algum] tempo, ele não concordou.
21 Mas, [ao invés disso] , despediu-se deles, dizendo: De toda maneira tenho que estar na festa que vem em Jerusalém; mas outra vez, se Deus quiser, voltarei a vós. E ele saiu de Éfeso.
|fn: N4 omite: “De toda maneira tenho que estar na festa que vem em Jerusalém”
22 E tendo vindo a Cesareia, subiu e, saudando à igreja, desceu a Antioquia.
23 E passando [ali] algum tempo, ele partiu, passando em sequência pela região da Galácia e Frígia, firmando a todos os discípulos.
24 E chegou a Éfeso um certo judeu, de nome Apolo, natural de Alexandria, homem eloquente, bem capacitado nas Escrituras.
25 Este era instruído no caminho do Senhor; e fervoroso de espírito, falava e ensinava corretamente as coisas do Senhor; [ainda que] soubesse somente o batismo de João.
26 E este começou a falar ousadamente na sinagoga; e Áquila e Priscila, ao o ouvirem, tomaram-no consigo, e explicaram mais detalhadamente o caminho de Deus.
27 E ele, querendo passar a Acaia, os irmãos o exortaram, [e] escreveram aos discípulos que o recebessem; o qual, tendo chegado, auxiliou muito aos que tinham crido pela graça.
28 Porque vigorosamente ele provava publicamente os erros dos judeus, mostrando pelas Escrituras que Jesus era o Cristo.

 

CAPÍTULO 19

1 E enquanto Apolo estava em Corinto, aconteceu que, tendo Paulo passado por todas as regiões superiores, ele veio a Éfeso; e achando [ali] alguns discípulos,
2 Disse-lhes: Vós [já] recebestes o Espírito Santo [desde que] crestes? E eles lhe disseram: Nós nem tínhamos ouvido falar que havia Espírito Santo.
3 E ele lhes disse: Em que vós fostes batizados? E eles disseram: No batismo de João.
4 Então Paulo disse: João verdadeiramente batizou [com] o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cressem naquele que viria após ele, isto é, em Jesus Cristo.
5 Ao ouvirem [isto] , eles foram batizados no nome do Senhor Jesus.
6 E Paulo, impondo-lhes as mãos, veio sobre eles o Espírito santo; e falavam em línguas, e profetizavam.
7 E todos os homens eram cerca de doze.
8 E ele, entrando na sinagoga, falava ousadamente durante três meses, disputando e persuadindo as coisas do Reino de Deus.
9 Mas quando alguns se endureceram, e não creram, e falando mal do Caminho [de Jesus] diante da multidão, ele se desviou deles; e separou aos discípulos, disputando a cada dia na escola de um certo Tirano.
10 E isto aconteceu durante dois anos; de tal maneira que todos os que habitavam na Ásia tinham ouvido a palavra do Senhor Jesus, tanto judeus como gregos.
11 E Deus fazia milagres extraordinários pelas mãos de Paulo,
12 De tal maneira que até os lenços e aventais de seu corpo eram levados aos enfermos, e as doenças os deixavam, e os espíritos malignos saíam deles.
13 E alguns exorcistas dos judeus, itinerantes, tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Nós vos repreendemos sob juramento por Jesus, a quem Paulo prega.
14 E eram sete filhos de Ceva, judeu, chefe dos sacerdotes, os que faziam isto.
15 Mas respondendo o espírito maligno, disse: Eu conheço a Jesus, e sei [quem é] Paulo; mas vós, quem sois?
16 E o homem em quem estava o espírito maligno saltou sobre eles, e os dominando, foi mais forte do que eles; de tal maneira que eles fugiram nus e feridos daquela casa.
17 E isto se fez conhecido a todos que habitavam em Éfeso, tanto a judeus como a gregos; e caiu temor sobre todos eles; e [assim] foi engrandecido o nome do Senhor Jesus.
18 E muitos dos que criam vinham, e declaravam os suas atitudes.
19 Também muitos dos que praticavam ocultismo trouxeram seus livros, e [os] queimaram na presença de todos; e calcularam o preço deles, e acharam que [custavam] cinquenta mil [moedas] de prata.
20 Assim crescia e prevalecia poderosamente a palavra do Senhor.
21 E quando se cumpriram estas coisas, Paulo propôs em espírito que, passando pela Macedônia e Acaia, ir até Jerusalém, dizendo: Depois de eu estar lá, também tenho que ver Roma.
22 E ele, tendo enviado à Macedônia dois daqueles que o serviam, Timóteo e Erasto, ele ficou por [algum] tempo na Ásia.
23 Mas naquele tempo aconteceu um não pequeno alvoroço quanto ao caminho [de Jesus] .
24 Porque um certo artífice de prata, de nome Demétrio, que fazia objetos de prata para o templo de Diana ( [que é Ártemis] ), e dava não pouco lucro aos artesãos.
25 Aos quais, tendo os reunido com os trabalhadores de semelhantes coisas, ele disse: Homens, vós sabeis que deste ofício temos nossa prosperidade.
26 E vós estais vendo e ouvindo que este Paulo, não somente em Éfeso, mas até quase em toda a Ásia, tem persuadido e apartado uma grande multidão, dizendo que não são deuses os que são feitos com as mãos.
27 E não somente há perigo de que isto torne [nosso] ofício em desprezo, mas também que [até] o tempo da grande deusa Diana seja considerado inútil, e que a grandiosidade dela, a quem toda a Ásia e o mundo venera, venha a ser destruída.
28 E eles, ao ouvirem [estas coisas] , encheram-se de ira, e clamaram, dizendo: Grande é a Diana dos efésios!
29 E toda a cidade se encheu de tumulto, e em concordância eles invadiram ao teatro, tomando consigo a Gaio e a Aristarco, macedônios, companheiros de Paulo na viagem.
30 E Paulo, querendo sair ao povo, os discípulos não o permitiram.
31 E também alguns dos líderes da Ásia, que eram amigos dele, enviaram-lhe [aviso] , rogando [-lhe] para que não se apresentasse no teatro.
32 Então gritavam, [alguns de uma maneira] , outros de outra [maneira] ; porque o ajuntamento [de pessoas] era confuso; e a maioria não sabia por que causa estavam juntos.
33 E tiraram da multidão a Alexandre, os judeus o pondo para a frente. E Alexandre, acenando com a mão, queria [se] defender ao povo.
34 Mas ao saberem que ele era judeu, levantou-se uma voz de todos, clamando por cerca de duas horas: Grande é a Diana dos efésios!
35 E o escrivão, tendo apaziguado a multidão, disse: Homens efésios, quem não sabe que a cidade dos efésios é a guardadora do templo da grande deusa Diana, e da [imagem] que desceu do céu?
36 Portanto, sendo que estas coisas não podem ser contraditas, vós deveis vos acalmar, e nada façais precipitadamente;
37 Porque vós trouxestes [aqui] estes homens, que nem são sacrílegos, nem blasfemam de vossa deusa.
38 Então se Demétrio e os artesãos que estão com ele tem algum assunto contra ele, os tribunais estão abertos, e há procônsules; que se acusem uns aos outros.
39 E se procurais alguma outra coisa, será decidido em uma reunião legalizada.
40 Porque corremos perigo de que hoje sejamos acusados de rebelião, tendo causa nenhuma para dar como explicação para este tumulto.
41 E tendo dito isto, despediu o ajuntamento.

 

CAPÍTULO 20

1 E tendo acabado o tumulto, Paulo chamou a si os discípulos e, abraçando-os, saiu para ir à Macedônia.
2 E tendo passado por aquelas regiões, e exortando-os com muitas palavras, ele veio à Grécia.
3 E ficando [ali] por três meses, e havendo contra ele uma cilada posta pelos judeus quando ele estava a ponto de navegar para a Síria, ele decidiu voltar pela Macedônia.
4 E o acompanhou até a Ásia Sópater, de Bereia; e dos tessalonicenses, Aristarco e Segundo, e Gaio de Derbe, e Timóteo; e dos da Ásia, Tíquico e Trófimo.
5 Estes, indo adiante, nos esperaram em Trôade.
6 E depois dos dias dos [pães] não fermentados, nós navegamos de Filipos, e em cinco dias viemos até eles, onde ficamos por sete dias.
7 E no primeiro [dia] da semana, tendo os discípulos se reunido para partir o pão, Paulo discutia com eles, estando para partir no dia seguinte; e ele estendeu a discussão até a meia noite.
8 E havia muitas luminárias no compartimento onde estavam reunidos.
9 E estando um certo rapaz, de nome Êutico, sentado em uma janela, tendo sido tomado por um sono profundo, [e] , estando Paulo [ainda] falando por muito [tempo] , [Êutico] , derrubado pelo sono, caiu desde o terceiro andar abaixo; e foi levantado morto.
10 Mas Paulo, tendo descido, debruçou sobre ele e, abraçando [-o] , disse: Não fiqueis perturbados, porque sua alma [ainda] está nele.
11 E [voltou] a subir, e tendo partido e experimentado o pão, ele falou longamente até o nascer do dia; e assim ele partiu.
12 E trouxeram o rapaz vivo, e ficaram não pouco consolados.
13 E nós, tendo ido adiante ao navio, navegamos até Assôs, onde estaríamos para receber a Paulo, porque assim ele tinha ordenado; e ele ia a pé.
14 E quando ele se encontrou conosco em Assôs, nós o tomamos, e fomos a Mitilene.
15 E navegando dali, chegamos no [dia] seguinte em frente a Quios; e no outro dia aportamos em Samos; e ficando em Trogílio, no dia seguinte viemos a Mileto.
16 Porque Paulo tinha decidido navegar [desviando-se] de Éfeso, para não lhe haver de gastar tempo na Ásia; porque ele se apressava para estar em Jerusalém do dia de Pentecostes, caso lhe fosse possível.
17 Mas ele enviou [mensagem] desde Mileto até Éfeso, chamando aos anciãos da igreja.
|fn: anciãos = equiv. presbíteros
18 E quando vieram a [Paulo] , ele lhes disse: Vós sabeis que desde o primeiro dia que entrei na Ásia, [o modo] como eu estive todo [aquele] tempo convosco;
19 Servindo ao Senhor com toda humildade, muitas lágrimas, e tentações, que sobrevieram a mim pelas ciladas dos judeus;
20 Como eu, daquilo que [vos] era proveitoso, nada deixei de anunciar a vós, e ensinar publicamente e pelas casas;
21 Dando testemunho, tanto a judeus como a gregos, do arrependimento para [se converter] a Deus, e da fé em nosso Senhor Jesus Cristo.
22 E agora eis que, estando eu atado ao Espírito, estou indo a Jerusalém, não sabendo o que me acontecerá;
23 A não ser pelo que o Espírito Santo em cada cidade [me] dá testemunho, dizendo que prisões e aflições me esperam.
24 Mas de nenhuma [dessas] coisas eu dou importância, nem tenho minha vida por preciosa, para que com alegria eu cumpra minha carreira, e o trabalho que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do Evangelho da graça de Deus.
25 E agora, eis que eu sei que todos vós, a quem eu passei pregando o Reino de Deus, não vereis mais o meu rosto.
26 Portanto eu vos dou claro testemunho de que eu estou limpo do sangue de todos [vós] ;
27 Porque eu não deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus;
28 Portanto prestai atenção por vós mesmos, e por todo o rebanho sobre os quais o Espírito Santo tem vos posto como supervisores, para apascentardes a igreja de Deus, a qual ele adquiriu por meio de seu próprio sangue.
|fn: supervisores = equiv. bispos
29 Porque isto eu sei, que depois de minha partida, entrarão entre vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho;
30 E que dentre vós mesmos se levantarão homens a falarem coisas perversas, para atraírem após si aos discípulos.
31 Por isso vigiai, lembrando que por três anos, noite e dia eu não parei de vos alertar com lágrimas a cada um [de vós] .
32 E agora, irmãos, eu vos entrego a Deus, e à palavra de sua graça; ele que é poderoso para vos edificar e vos dar herança entre todos os santificados.
33 Eu não cobicei de ninguém a prata, nem ouro, nem roupa.
34 E vós mesmos sabeis que, para as minhas necessidades e as dos que estavam comigo, estas [minhas] mãos me serviram.
35 Em tudo eu vos tenho mostrado que trabalhando assim, é necessário dar suporte aos enfermos; e lembrar-se das palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurado é dar do que receber.
36 E tendo dito isto, pondo-se de joelhos, ele orou com todos eles.
37 E houve um grande pranto de todos; e reclinando-se sobre o pescoço de Paulo, beijavam-no;
38 Entristecendo-se muito, principalmente pela palavra que ele tinha dito, que não mais veriam o rosto dele; e o acompanharam até o navio.

Bíblia em um ano: Atos 18-20

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Ontem

Ontem

Seguros contra nosso passado. "Deus pede as contas de tudo quanto passou…”, Ecl.3:15. No fim do ano, olhamos com grande expectativa tudo quanto Deus tem para o nosso futuro, mas mesmo assim podemos ficar aprisionados nos dias de ontem. O presente gozo da graça de Deus...

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

O Senhor nunca remenda nossas virtudes naturais, isto é, as nossas características naturais, anseios ou mesmo qualidades. Ele refaz todo o homem por dentro completamente. "Vos revistais de novo homem", Ef.4:24; ou seja, faça com que sua vida natural se revista com...

Desertor ou Discípulo?

Desertor ou Discípulo?

Quando Deus, através do seu Espírito, aplicando a Palavra, nos dá e fornece uma certa re­velação ou manifestação do que ele quer, temos de poder andar à luz dessa visão ainda, 1João1:7; nossa mente e alma vibrarão em excesso com isso; mas, se não obedecermos a essa...

Share This

Notice: fwrite(): Write of 221 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76

Notice: fwrite(): Write of 273 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76

Notice: fwrite(): Write of 852 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76