Plano de Leitura Cronológico

outubro

19

terça-feira
Marcos – Parte 5
Marcos 10-11
291 de 365 dias
19 de outubro

Sumário:
Jesus atravessa o Jordão; A questão do divórcio; Jesus abençoa as crianças; O jovem rico; O perigo das riquezas; Jesus ainda outra vez prediz sua morte e ressurreição; O pedido de Tiago e João; A cura do cego de Jericó; A entrada triunfal de Jesus em Jerusalém; A figueira sem fruto; A purificação do templo; O poder da fé; A autoridade de Jesus e o batismo de João

 

CAPÍTULO 10

1 E levantando-se dali, foi-se aos limites da Judeia, por dalém do Jordão; e as multidões voltaram a se juntar a ele, e voltou a lhes ensinar, como tinha de costume.
2 E vindo a ele os fariseus, perguntaram-lhe se era lícito ao homem deixar a [sua] mulher, tentando-o.
3 Mas respondendo ele, disse-lhes: Que Moisés vos mandou?
4 E eles disseram: Moisés permitiu escrever carta de divórcio, e deixá-la.
5 E respondendo Jesus, disse-lhes: Pela dureza de vossos corações ele vos escreveu este mandamento.
6 Porém desde o princípio da criação, macho e fêmea Deus os fez.
7 Por isso, deixará o homem a seu pai e a [sua] mãe, e se unirá à sua mulher.
|fn: N4 omite “e se unirá à sua mulher”. Compare com Gênesis 2:24 e Mateus 19:5
8 E os dois serão uma [só] carne; assim então já não são dois, mas sim uma [só] carne.
9 Portanto o que Deus juntou, não separe o homem.
10 E em casa voltaram os discípulos a perguntar-lhe sobre isto mesmo.
11 E disse-lhes: Qualquer que deixar a sua mulher, e se casar com outra, adultera contra ela.
12 E se a mulher deixar a seu marido, e se casar com outro, adultera.
13 E lhe traziam crianças para que ele as tocasse, mas os discípulos repreendiam aos que [as] traziam.
14 Porém Jesus, vendo, indignou-se, e lhe disse: Deixai vir as crianças a mim, e não as impeçais; porque das tais é o Reino de Deus.
15 Em verdade vos digo, que qualquer um que não receber o Reino de Deus como criança, em maneira nenhuma nele entrará.
16 E tomando-as entre seus braços, pondo as mãos sobre elas, ele as abençoou.
17 E saindo ele ao caminho, um [homem] correu até ele; e pondo-se de joelhos diante dele, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?
18 E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém é bom, a não ser um: Deus.
19 Sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não darás falso testemunho; não serás enganador; hora a teu pai, e a [tua] mãe.
20 Porém respondendo ele, disse-lhe: Mestre, tudo isto guardei desde minha juventude.
21 E olhando Jesus para ele, amou-o, e disse-lhe: Uma coisa te falta: vai, vende tudo quanto tens, e dá aos pobres; e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me, toma [tua] cruz.
22 Mas ele, pesaroso desta palavra, foi-se triste; porque tinha muitas propriedades.
23 Então Jesus olhando ao redor, disse a seus discípulos: Quão dificilmente entrarão os que tem riquezas no Reino de Deus!
24 E os discípulos se espantaram destas suas palavras; mas Jesus, voltando a responder, disse-lhes: Filhos, como é difícil aos que confiam em riquezas entrar no Reino de Deus!
|fn: N4 omite “aos que confiam em riquezas
25 Mais fácil é passar um camelo pelo olho de uma agulha, do que entrar o rico no Reino de Deus.
26 E eles se espantavam ainda mais, dizendo uns para os outros: Quem pois poderá se salvar?
27 Porém olhando Jesus para eles, disse: Para os seres humanos, é impossível; mas para Deus, não; porque para Deus tudo é possível.
28 E começou Pedro a dizer-lhe: Eis que nós deixamos tudo, e te seguimos.
29 E respondendo Jesus, disse: Em verdade vos digo, que não há ninguém que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do Evangelho,
30 Que não receba cem vezes tanto, agora neste tempo, casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e a vida eterna, no tempo que virá.
31 Porém muitos primeiros serão últimos, e [muitos] últimos, primeiros.
32 E iam pelo caminho, subindo para Jerusalém; e Jesus ia diante deles, e espantavam-se, e seguiam-no atemorizados. E voltando a tomar consigo aos doze, começou-lhes a dizer as coisas que lhe viriam a acontecer:
33 Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos chefes dos sacerdotes, e aos escribas; e o condenarão à morte, e o entregarão aos gentios.
34 E escarnecerão dele, e o açoitarão, e cuspirão nele, e o matarão; e ao terceiro dia ressuscitará.
35 E vieram a ele Tiago e João, filhos de Zebedeu, dizendo: Mestre, queríamos que nos fizesses o que pedirmos.
36 E ele lhes disse: Que quereis que eu vos faça?
37 E eles lhe disseram: Concede-nos que em tua glória nos sentemos, um à tua direita, e outro à tua esquerda?
38 Mas Jesus lhes disse: Não sabeis o que pedis; podeis vós beber o copo que eu bebo, e ser batizados com o batismo com que eu sou batizado?
39 E eles lhe disseram: Podemos. Porém Jesus lhes disse: Em verdade, o copo que eu bebo, bebereis; e com o batismo com que eu sou batizado, sereis batizados.
40 Mas sentar-se à minha direita, ou à minha esquerda, não é meu concedê-lo, mas sim, para aqueles a quem está preparado.
41 E quando os dez ouviram isto, começaram a se irritar contra Tiago e João.
42 Mas Jesus, chamando-os a si, disse-lhes: Já sabeis que os que são vistos como governadores dos gentios, agem como senhores deles; e os grandes usam de autoridade sobre eles.
43 Mas entre vós não será assim; antes qualquer que entre vós quiser ser grande, será vosso servidor.
44 E qualquer que de vós quiser ser o primeiro, será servo de todos.
45 Porque também não veio o Filho do homem para ser servido, mas para servir, e dar sua vida [em] resgate por muitos.
46 E vieram a Jericó. E saindo ele, e seus discípulos, e uma grande multidão de Jericó, estava Bartimeu o cego, filho de Timeu, sentado junto ao caminho, mendigando.
47 E ouvindo que era Jesus o nazareno, começou a clamar, e a dizer: Jesus, Filho de Davi! Tem misericórdia de mim!
48 E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava ainda mais: Filho de Davi! Tem misericórdia de mim!
49 E parando Jesus, disse que o chamassem; e chamaram ao cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo, levanta-te, [ele] te chama.
50 E lançando ele sua capa, levantou-se, e veio a Jesus.
51 E respondendo Jesus, disse-lhe: Que queres que [eu] te faça? E o cego lhe disse: Mestre, [quero] que veja.
52 E Jesus lhe disse: Vai-te; tua fé te salvou. E logo viu; e seguia a Jesus pelo caminho.

 

CAPÍTULO 11

1 E quando chegaram perto de Jerusalém, em Betfagé e Betânia, ao monte das Oliveiras, [Jesus] mandou dois de seus discípulos,
2 E disse-lhes: Ide à aldeia, que está em fronte de vós; e logo, nela entrando, achareis um jumentinho atado, sobre o qual ninguém se sentou; soltai-o, e trazei-o.
3 E se alguém vos disser: Por que fazeis isso?, dizei que: O Senhor precisa dele, e logo o mandará de volta para cá.
4 E foram, e acharam o jumentinho atado à porta, [do lado de] fora em uma esquina, e o soltaram.
5 E alguns dos que ali estavam, lhes disseram: Que fazeis, soltando o jumentinho?
6 Porém eles lhes disseram como Jesus [lhes] tinha mandado, e os deixaram ir.
7 E trouxeram o jumentinho a Jesus, e lançaram sobre ele suas roupas, e sentou-se sobre ele.
8 E muitos estendiam suas roupas pelo caminho, e outros cortavam ramos das árvores, e os espalhavam pelo caminho.
9 E os que iam adiante, e os que seguiam, clamavam: Hosana, bendito o que vem no Nome do Senhor!
10 Bendito o Reino de nosso Pai Davi, que vem no Nome do Senhor! Hosana nas alturas!
11 E Jesus entrou em Jerusalém, e no Templo; e havendo visto tudo ao redor, e sendo já tarde, saiu-se para Betânia com os doze.
12 E no dia seguinte, saindo eles de Betânia, teve fome.
13 E vendo de longe uma figueira, que tinha folhas, [veio ver] se acharia alguma coisa nela; e chegando a ela, nada achou, a não ser folhas; porque não era tempo de figos.
14 E respondendo Jesus, disse-lhe: Nunca mais ninguém coma fruto de ti. E seus discípulos ouviram isto .
15 E vieram a Jerusalém; e entrando Jesus no Templo, começou a expulsar aos que vendiam e compravam no Templo; e revirou as mesas dos cambiadores, e as cadeiras dos que vendiam pombas.
16 E não consentia que ninguém levasse vaso [algum] pelo Templo.
17 E ensinava, dizendo-lhes: Não está escrito: Minha casa será chamada casa de oração de todas as nações? Mas vós a tendes feito esconderijo de assaltantes!
18 E ouviram os escribas, e os chefes dos sacerdotes, e buscavam como o matariam; pois o temiam, porque toda a multidão estava espantada quanto a sua doutrina.
19 E como já era tarde, [Jesus] saiu fora da cidade.
20 E passando pela manhã, viram que a figueira estava seca desde as raízes.
21 E lembrando-se Pedro, disse-lhe: Mestre, eis que a figueira, que amaldiçoaste, se secou.
22 E respondendo Jesus, disse-lhes: Tende fé em Deus.
23 Porque em verdade vos digo, que qualquer que disser a este monte: Levanta-te, e lança-te no mar; e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará o que diz, tudo o que disser lhe será feito.
24 Portanto eu vos digo, [que] tudo o que pedirdes orando, crede que recebereis, e vós [o] tereis.
25 E quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que [está] nos céus, vos perdoe vossas ofensas.
26 Mas se vós não perdoardes, também vosso Pai, que [está] nos céus, não vos perdoará vossas ofensas.
|fn: N4 omite todo o versículo. Compare com Mateus 6:15
27 E voltaram para Jerusalém; e andando ele pelo Templo, vieram a ele os chefes dos sacerdotes, e os escribas, e os anciãos.
28 E disseram-lhe: Com que autoridade fazes estas coisas? E quem te deu esta autoridade, para fazerdes estas coisas?
29 Mas respondendo Jesus, disse-lhes: Também eu vos perguntarei uma palavra, e respondei-me; e [então] vos direi com que autoridade estas coisas [eu] faço.
30 O batismo de João era do céu ou dos homens? Respondei-me.
31 E eles argumentavam entre si, dizendo: Se dissermos do céu, ele [nos] dirá: Por que pois não crestes nele?
32 Porém se dissermos dos homens, tememos ao povo; porque todos consideravam que João era verdadeiramente profeta.
33 E respondendo, disseram a Jesus: Não sabemos. E respondendo Jesus, disse-lhes: Também eu não vos direi com que autoridade eu faço estas coisas.

Bíblia em um ano: Marcos 10-11

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Ontem

Ontem

Seguros contra nosso passado. "Deus pede as contas de tudo quanto passou…”, Ecl.3:15. No fim do ano, olhamos com grande expectativa tudo quanto Deus tem para o nosso futuro, mas mesmo assim podemos ficar aprisionados nos dias de ontem. O presente gozo da graça de Deus...

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

O Senhor nunca remenda nossas virtudes naturais, isto é, as nossas características naturais, anseios ou mesmo qualidades. Ele refaz todo o homem por dentro completamente. "Vos revistais de novo homem", Ef.4:24; ou seja, faça com que sua vida natural se revista com...

Desertor ou Discípulo?

Desertor ou Discípulo?

Quando Deus, através do seu Espírito, aplicando a Palavra, nos dá e fornece uma certa re­velação ou manifestação do que ele quer, temos de poder andar à luz dessa visão ainda, 1João1:7; nossa mente e alma vibrarão em excesso com isso; mas, se não obedecermos a essa...

Share This