Plano de Leitura Cronológico

dezembro

17

sexta-feira
Tito e Filemom
Tito 1-3 e Filemom 1
350 de 365 dias
17 de dezembro

Sumário:
Tito:
Prefácio e saudação; Deveres e qualificações dos ministros; Os falsos mestres e as falsas doutrinas; Os deveres das várias classes de pessoas crentes; Os gloriosos benefícios da graça salvadora de Cristo; A obediência às autoridades. A salvação pela graça leva às boas obras; As recomendações particulares. As saudações finais. A bênção
Filemom:
Prefácio e saudação; Ação de graças; Paulo intercede em favor de Onésimo; Comunicações pessoais. Saudações e bênção

 

Carta de Paulo a Tito

CAPÍTULO 1

1 Paulo, servo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos escolhidos de Deus, e o conhecimento da verdade, que é segundo a devoção [a Deus] ;
2 Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos princípios dos tempos,
3 E a seu [devido] tempo [a] manifestou: a sua palavra, por meio da pregação, que me foi confiada segundo o mandamento de Deus nosso Salvador.
4 Para Tito, [meu] verdadeiro filho, segundo a fé em comum; [haja em ti] graça, misericórdia [e] paz de Deus Pai, e do Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador.
5 Por esta causa eu te deixei em Creta, para que tu continuasses a pôr em ordem as coisas que estavam faltando, e de cidade em cidade constituísses presbíteros, conforme eu te mandei.
6 Se alguém for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de serem devassos ou desobedientes.
7 Porque o supervisor deve ser irrepreensível, como administrador da casa de Deus, não arrogante, que não se ira facilmente, não beberrão, não agressivo, nem ganancioso.
|fn: supervisor = equiv. bispo
8 Mas [que ele seja] hospitaleiro, ame aquilo que é bom, moderado, justo, santo, [e] tenha domínio próprio;
9 Retendo firme a fiel palavra que é conforme o que foi ensinado; para que ele seja capaz, tanto para exortar na sã doutrina, como [também] para mostrar os erros dos falam contra [ela] .
10 Porque também há muitos insubordinados, que falam coisas vãs, e enganadores, especialmente aqueles da circuncisão;
11 Aos quais devem se calar, que transtornam casas inteiras, ensinando o que não se deve, por causa da ganância.
12 Um deles, um profeta próprio deles, disse: Os cretenses sempre são mentirosos, animais malignos, ventres preguiçosos.
13 Este testemunho é verdadeiro; por isso repreende-os severamente, para que sejam sãos na fé.
14 Não dando atenção a mitos judaicos, e a mandamentos de homens, que desviam da verdade.
15 Realmente todas as coisas são puras para os puros; mas para os contaminados e infiéis, nada é puro; e até o entendimento e a consciência deles estão contaminados.
16 Eles declaram que conhecem a Deus, mas com as obras eles o negam, pois são abomináveis e desobedientes, e reprovados para toda boa obra.

 

CAPÍTULO 2

1 Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina;
2 Aos velhos, que sejam sóbrios, respeitáveis, prudentes, sãos na fé, no amor e na paciência.
3 Às velhas, da mesma maneira, [tenham] bons costumes, como convém a santas; não caluniadoras, não viciadas em muito vinho, mas sim instrutoras daquilo que é bom;
4 Para ensinarem às moças a serem prudentes, a amarem a seus maridos, a amarem a seus filhos;
5 A serem moderadas, puras, boas donas de casa, sujeitas a seus próprios maridos, para que a palavra de Deus não seja blasfemada.
6 Exorta semelhantemente aos rapazes, que sejam moderados.
7 Em tudo mostra a ti mesmo como exemplo de boas obras; na doutrina, [mostra] incorrupção, dignidade, sinceridade;
8 Uma palavra sã [e] irrepreensível, para que [qualquer] opositor se envergonhe, nada tendo de mal para dizer contra vós.
9 Que os servos sejam sujeitos a seus próprios senhores, sendo agradáveis em tudo, [e] não falando contra [eles] .
10 Não [lhes] furtando, mas sim mostrando toda a boa lealdade; para que em tudo adornem a doutrina de Deus nosso Salvador.
11 Porque a graça salvadora de Deus se manifestou a todos os homens.
12 Ensinando-nos que, ao renunciarmos à maldade, e aos maus desejos mundanos, vivamos neste tempo presente de modo sóbrio, justo e devotamente.
13 Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo;
14 O qual deu a si mesmo por nós, para nos libertar de toda injustiça, e para purificar para si mesmo um povo particular, zeloso de boas obras.
15 Fala estas coisas, exorta, e repreende com toda autoridade. Ninguém te despreze.

 

CAPÍTULO 3

1 Relembra-os para se sujeitarem aos governantes e às autoridades, sejam obedientes, [e] estejam preparados para toda boa obra.
2 Não insultem a ninguém, não sejam briguentos, [mas sim] pacientes, mostrando toda mansidão para com todos os homens.
3 Porque nós também éramos tolos, desobedientes, enganados, servindo a vários maus desejos e prazeres, vivendo em malícia e inveja, detestáveis, odiando uns aos outros.
4 Mas quando a bondade e amor de Deus nosso Salvador para a humanidade apareceu,
5 Não pelas obras de justiça que nós tivéssemos feito, mas sim segundo sua misericórdia, ele nos salvou pelo banho do novo nascimento, e da renovação do Espírito Santo;
6 Ao qual ele derramou abundantemente em nós por meio de Jesus Cristo nosso Salvador;
7 Para que, ao termos sido justificados por sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna.
8 Esta] palavra [é] fiel, e isto quero que insistas em confirmar, para que os que creem em Deus procurem se dedicar a boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.
9 Mas evita as questões tolas, e às genealogias e discussões, e às disputas quanto à Lei, porque elas são inúteis e vás.
10 Ao homem rebelde, depois da primeira e [da] segunda repreensão, rejeita [-o] .
11 Sabendo que o tal está pervertido, e está pecando, estando a si mesmo condenado.
12 Quando eu enviar Artemas até ti, ou Tíquico, procura vir até mim a Nicópolis, porque eu decidi passar lá o inverno.
13 Envia a Zenas, o especialista na Lei, e a Apolo, com [muito] empenho, para que nada lhes falte.
14 E também os nossos [irmãos] aprendam a se dedicarem às boas obras para os usos necessários, para que não sejam infrutíferos.
15 Todos os que estão comigo te saúdam. Saúda tu aos que nos amam na fé. A graça [seja] com todos vós. Amém! [A carta a Tito, o primeiro bispo escolhido da igreja dos cretenses, foi escrita de Nicópolis na Macedônia]

Carta de Paulo a Filemom

CAPÍTULO 1

1 Paulo, prisioneiro de Cristo Jesus, e o irmão Timóteo, a Filemom, o amado, e nosso cooperador;
2 E à amada Ápia, e a Arquipo nosso companheiro de batalha, e à igreja [que está] em tua casa;
|fn: N4: irmã
3 Haja] em vós graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
4 Eu dou graças a meu Deus sempre me lembrando de ti em minhas orações;
5 Ao ouvir de teu amor e a fé que tu tens para com o Senhor Jesus, e para com todos os santos;
6 Para que a comunhão de tua fé seja eficaz no reconhecimento de todo o bem que há em vós por Cristo Jesus.
7 Porque nós temos grande alegria e consolo em teu amor, pelo qual, por meio de ti, irmão, os sentimentos dos santos foram aliviados.
8 Por isso, ainda que em Cristo eu tenha grande confiança para te mandar [aquilo que te é] conveniente,
9 Em vez disso por amor eu [te] peço, [ainda que] eu seja tal, Paulo, o velho, e também agora um prisioneiro de Jesus Cristo;
10 Eu te peço por meu filho Onésimo, ao qual eu gerei durante minhas prisões.
11 Aquele que antes te era inútil, mas agora útil para mim e para ti, eu o enviei de volta;
12 E tu, como os meus mais íntimos sentimentos, recebe-o;
|fn: TR, RP: eu o enviei de volta; E tu, como os meus mais íntimos sentimentos, recebe-o – N4: Eu o enviei, como os meus mais íntimos sentimentos, de volta a ti
13 Eu [até que] gostaria de retê-lo comigo, para que como teu [substituto] ele me servisse nas prisões do Evangelho;
14 Mas eu nada quis fazer sem tua opinião, para que tua bondade não fosse como que por obrigação, mas sim de livre vontade.
15 Porque talvez por isso que ele tenha se separado [de ti] por algum tempo, para que tu o recebesses de volta para sempre.
16 Não mais como a um servo, mas sim mais que um servo, [como] a um amado irmão, especialmente para mim, e muito mais de ti, tanto na carne como no Senhor.
17 Portanto, se tu me tens como companheiro, [então] recebe-o como a mim.
18 E se ele te fez algum dano, ou te deve [alguma coisa] , põe [isto] na minha conta.
19 Eu, Paulo, de minha [própria] mão [o] escrevi, eu pagarei; para eu não te dizer que tu me deves a ti mesmo.
20 Assim, irmão, que eu tenha algum benefício de ti no Senhor; alivia meus sentimentos no Senhor.
21 Tendo confiança de tua obediência eu te escrevi, sabendo que tu farás ainda mais do que eu digo.
22 E enquanto isso também me prepara um lugar para [eu] ficar; porque eu espero que por vossas orações eu seja entregue a vós.
23 Saúdam-te: Epafras (meu companheiro de prisão em Cristo Jesus),
24 Marcos, Aristarco, Demas [e] Lucas (meus cooperadores).
25 A graça de nosso Senhor Jesus Cirsto [seja] com vosso espírito. Amém! [Escrita em Roma para Filemom, e enviada pelo servo Onésimo]

Bíblia em um ano: Tito 1-3 e Filemom 1

Escrito por Oswald Chambers.

Confira mais devocionais escritos por Oswald Chambers, no original clicando aqui.

Texto retirado e traduzido de Utmost.org

Ontem

Ontem

Seguros contra nosso passado. "Deus pede as contas de tudo quanto passou…”, Ecl.3:15. No fim do ano, olhamos com grande expectativa tudo quanto Deus tem para o nosso futuro, mas mesmo assim podemos ficar aprisionados nos dias de ontem. O presente gozo da graça de Deus...

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

“E Cada Uma Das Virtudes que Possuímos…”

O Senhor nunca remenda nossas virtudes naturais, isto é, as nossas características naturais, anseios ou mesmo qualidades. Ele refaz todo o homem por dentro completamente. "Vos revistais de novo homem", Ef.4:24; ou seja, faça com que sua vida natural se revista com...

Desertor ou Discípulo?

Desertor ou Discípulo?

Quando Deus, através do seu Espírito, aplicando a Palavra, nos dá e fornece uma certa re­velação ou manifestação do que ele quer, temos de poder andar à luz dessa visão ainda, 1João1:7; nossa mente e alma vibrarão em excesso com isso; mas, se não obedecermos a essa...

Share This

Notice: fwrite(): Write of 186 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76

Notice: fwrite(): Write of 236 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76

Notice: fwrite(): Write of 234 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76

Notice: fwrite(): Write of 391 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-admin/includes/class-wp-filesystem-direct.php on line 76

Notice: fwrite(): Write of 12334 bytes failed with errno=28 No space left on device in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 42

Fatal error: Uncaught wfWAFStorageFileException: Unable to verify temporary file contents for atomic writing. in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php:51 Stack trace: #0 /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php(658): wfWAFStorageFile::atomicFilePutContents('/home/dh_radioc...', '<?php exit('Acc...') #1 [internal function]: wfWAFStorageFile->saveConfig('synced') #2 {main} thrown in /home/dh_radiocrista/radiocrista.com.br/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 51